• Lucienne Souza

LÂMINAS, FOLHAS OU FLOCOS DE OURO, AFINAL O QUE O OURO PROMOVE NA PELE?

Atualizado: 21 de Fev de 2018





OURO NA PELE


Cobrir o rosto e o corpo com ouro é uma experiência inesquecível. A face dourada é realmente a “cara da riqueza”! Tão fascinante quanto o aspecto dourado de puro glamour, é a ciência de sua ação. O que o ouro promove na pele?


A aplicação de ouro estimula a circulação sanguínea, aumenta a oxigenação da pele e melhora a elasticidade, além de reduzir a formação de rugas. Isto tudo é atribuído a suas características químicas e da condutividade elétrica! O ouro é um metal estável, ótimo condutor, não sofre oxidação, e não é alergênico. Ao ser aplicado na pele produz o efeito oclusivo ideal para a penetração dos ativos do tratamento cosmético e agora vamos para a “mágica” da eletricidade...


Nossas células são unidades elétricas, a pele humana possui uma voltagem própria que varia de acordo com as condições de integridade da pele. Quando ocorrem danos nas células, é criado um campo elétrico que funciona como um caminho para os neutrófilos e macrófagos que são direcionados ao local onde o dano aconteceu. Ao mesmo tempo o campo elétrico estimula os fibroblastos a produzir colágeno e assim contribuem com a cicatrização.


Ao aplicarmos o ouro sobre a pele estima-se que este precioso metal, sendo um bom condutor de eletricidade, crie uma estimulação elétrica natural. Estudos sugerem que o estímulo elétrico adequado pode reduzir infecções, melhorar a imunidade celular, melhorar a perfusão de oxigênio pela membrana celular e acelerar a cicatrização.


O ouro é brilhante em todos os sentidos!



REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS


HENRY, S. et al. The effect of magnetic fields in wound healing. Open Access Journal of Plastic Surgery, 2008. Disponível em: <http://multimedia.biol.uoa.gr/wound%20healing.pdf> . Obtido em: 18/09/2014 16:00h


KANOF, N. Gold leaf in the treatment of cutaneous ulcers. . The Journal of Investigative Dermatology, v.43, 1964. Disponível em: <http://www.nature.com/jid/journal/v43/n5/full/jid1964181a.html>. Obtido em: 04/09/2014 14:00h


THAKRAL, G. et al. Electrical stimulation to accelerate wound healing. Diabet Foot Ankle, v.4, 2013, Disponível em: <http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3776323/> . Obtido em: 04/09/2014 15:00h

0 visualização

©2018-2020  LUCIENNE SOUZA

SPA DA PELE COSMECÊUTICOS

  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon